domingo, 27 de novembro de 2016

Deus sempre tem uma saída...

Você já foi surpreendido por algo inesperável, ou, pior, desagradável? Não podemos ignorar a realidade. O mundo está aí e ninguém pode dizer que tudo é perfeito. O mal também existe. As calamidades, os desconfortos, os imprevistos... Tudo isso pode nos pegar de surpresa.
O dia está só começando, e o que será que surgirá na sua frente hoje? Você estará preparado para alguma surpresa? Se ela for agradável creio que será bem vinda. Mas e se as notícias não forem boas, como você vai reagir?
Quando o servo do profeta Eliseu despertou naquela manhã, talvez ele pensasse que seria mais um dia como outro qualquer. Mas quando abriu a porta da casa onde habitava e viu que a casa estava cercada pelos exércitos sírios que tinham vindo para prender Eliseu, o susto foi grande. Ele não esperava por aquilo logo de manhã. Sua reação foi imediata: Ficou apavorado! Correu até o profeta e disse: “Ai! Meu Senhor! Que faremos?” (2 Reis 6:15).
O homem de Deus acalmou seu coração dizendo-lhe: “Não temas; porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles”. (2 Reis 5:16).
Perceba que o profeta Eliseu não ignorou o exército. Ele não disse: “Ah, pela fé não vejo ninguém lá fora”. Não! Ele não fez isso. Fé não é você fechar os olhos, contar até dez e então abrir os olhos acreditando que todos os problemas vão desaparecer como num passe de mágica. Eliseu viu o problema e também sentiu que a situação era grave, mas o que ele queria ensinar para seu servo era que este precisava ver o que estava além da visão.
Foi então que ele orou: “Senhor, peço-te que lhe abras os olhos para que veja” (2 Reis 6:17). Foi então que o servo viu o monte tomado pelo exército celestial do Senhor (vers. 17b).
Eu gosto demais dessa história porque ela revela algo que todos nós temos que admitir: é muito difícil enxergar a saída que Deus tem para nós em meio a cada um dos problemas que enfrentamos.
Talvez você acordou hoje e já deu de cara com uma situação inesperada, ou nem dormiu direito ontem por causa de algo que acha impossível de ser mudado hoje. Mas reflita na história que você leu acima.
Muitas vezes olhamos as situações meramente do lado humano. Vemos só o que está diante dos nossos olhos. Mas o Senhor quer que nossos olhos enxerguem a realidade que existe por trás de cada situação.
Primeiramente é indispensável esclarecer uma coisa: nada nunca está perdido. Nunca se deixe abater pelas circunstâncias da vida. Não importa o que você está passando, Deus está sustentando você. Talvez nos momentos difíceis o desespero não permita que seus olhos carnais enxerguem a realidade dos fatos. Mas após as lágrimas, após o susto, pare um minuto, respire e olhe ao redor.
Deus está aí com você, providenciando o escape dessa provação.
Acredite, você é privilegiado. Ninguém está livre de passar por dificuldades, mas aquele que volta os seus olhos para o Senhor tem a vantagem de ter a presença do Pai ao seu lado.
E não há nada melhor do que receber o afago de Jesus Cristo. Não há nada comparado ao consolo vindo direto do Espírito Santo.
É dolorido passar pelas provas da vida? É sim, mas Deus vai tratando e curando cada ferida aberta, basta permitir que Ele faça isso.
Parece que não há solução? Não importa qual é o teu problema, Deus te dá a solução.
Ele é o Deus soberano, criador dos céus e da Terra, para Ele não há barreira, não há limite, não há impossível.
Portanto, não se intimide. Levante a cabeça e encare de frente a tua dificuldade, pois Deus é contigo. Ele já mandou anjos diante de você para lutar em teu favor. Creia, a vitória já é sua. Mesmo que você ache que a batalha está perdida, mesmo que pareça que gigantes se levantaram contra você, permaneça firme, siga adiante, pois Deus irá derrubar o Golias. Em Cristo Jesus somos mais do que vencedores. MAIS DO QUE VENCEDORES.

Anderson Freire Em: Canção do Céu

 




Existe uma canção em cada um de nós
Foi Deus quem escreveu
Pra Ele mesmo ouvir
O inimigo quer tirar ela de mim
Mas serei fiel até o fim

Integrante sou do coral celestial
O meu Maestro disse que eu sou especial
Não vivo mais eu
Quem vive em mim é Ele
Estou ensaiando pra cantar no céu pra Ele

No coral eu quero cantar
Declarar que Ele é Santo, Santo
Infinitamente adorar
Dizendo que Jesus é Santo, Santo
A composição do céu
Vai cantar quem for fiel
O hino da vitória será o meu troféu

No coral eu quero cantar
Declarar que Ele é Santo, Santo
Infinitamente adorar
Dizendo que Jesus é Santo, Santo
A composição do céu
Vai cantar quem for fiel
vou erguer o meu troféu

Adorado, Exaltado, Poderoso
Magnificado, Jesus Cristo, glorioso
No grande dia esperado vou louvar
Santo é o Senhor

Adorado, Exaltado, Poderoso
Magnificado,Jesus Cristo, Glorioso
No grande dia esperado vou louvar
Santo é o Senhor

No coral eu quero cantar
Declarar que Ele é Santo, Santo
Infinitamente adorar
Dizendo que Jesus é Santo, Santo
A composição do Céu
Vai cantar quem for fiel
O hino da vitória será o meu troféu

No coral eu quero cantar
Declarar que Ele é Santo, Santo
Infinitamente adorar
Dizendo que Jesus é Santo, Santo
A composição do Céu
Vai cantar quem for fiel
Vou erguer o meu troféu

Pastor Rodrigo Rocha Em: A IGREJA LOUCA E SUAS CARACTERÍSTICAS


Não Perca a Fé...

Além de deixar claro que não devemos ter medo, Moisés transmitiu outra ordem de Deus ao povo: “Fiquem firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes trará hoje!” Ex 14:13. O povo de Deus devia permanecer sempre firme na fé, sem se preocupar com o que ocorria ao redor deles. A essência da salvação é que “O justo viverá pela fé” Gl 3:11. Essa mesma fé deve caracterizar nossa vida diária em Cristo. A fé traz estabilidade em tempos de incertezas, ao passo que a falta de fé gera hesitação. As palavras escritas pelo apóstolo Paulo aos cristãos de Corinto também se aplicam a nós: “Estejam vigilantes, mantenham-se firmes na fé, tenham coragem e sejam fortes.” 1 Co 16:13.

Essas palavras se assemelham à conversa de vestiário antes de um jogo de futebol importante. Na verdade, a ordem de Deus para cada dia de nossa vida é: caminhar sempre pela fé no Senhor.

Não de vez em quando ou na maioria das vezes, o importante é SEMPRE ter fé e coragem no Senhor. Os cristãos cuja fé vacila em períodos de estresse e dificuldades precisam lembrar que “é pela fé que vocês permanecem firmes” 2Co 1:24. Não é necessário “empregar o máximo de esforço” para fazer o certo, mas, sim, ter fé no que Deus pode fazer e fará por nós.

Quando os israelitas se viram encurralados entre o mar Vermelho e o exército egípcio, Deus disse: “Permaneçam firmes na fé”. Os carros de guerra de faraó ameaçavam atacar um povo que não tinha experiência militar alguma, mas Deus disse: “Confiem em mim. EU resolverei a situação”.

A ordem de sempre permanecer firmes Nele foi escrita com o intuito de nos instruir e incentivar, ainda hoje, a enfrentar os problemas e impossibilidades com coragem sabendo QUEM batalha por nós.

Se você duvida da importância de permanecer firme na fé, pense nesta alternativa: “Se vocês não ficarem firmes na fé, com certeza não resistirão!” Is 7:9. Se sua confiança em Deus vacila, você está brincando com o perigo e com a derrota. As palavras a seguir não são melodramáticas, mas uma advertência Bíblica:

“Por isso, não abram mão da confiança que vocês têm, ela será ricamente recompensada. Vocês precisam perseverar de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que Ele prometeu; pois em breve, muito em breve Aquele que vem virá, e não demorará. Mas o meu justo viverá pela fé. E, se retroceder, não me agradarei dele. Nós porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que crêem e são salvos.” Hb 10:35-39

Sejam quais forem as ameaças e problemas, obstáculos e dificuldades, devemos buscar a face de Deus e esperar n'Ele com fé.

Jesus Te Ama...

Você já deve ter ouvido e/ou lido muitas vezes a frase: "Jesus Te Ama"! É uma frase tão usada, tão falada, tão escrita, tão divulgada... Mas você já parou para pensar no significado dessa frase? Tudo bem, você já sabe que Jesus ama você, não sabe? Sabe? Sabe mesmo? Por que Jesus ama você? Sabe?
Jesus amou você antes da fundação do mundo! Antes que você existisse, Jesus amou você. Ele amou sendo completamente Deus e completamente homem. Jesus ama tanto, que morreu por você! Ele não morreu por você sendo "Deus". Ele morreu por você sendo "homem". Ele viveu por você, Ele sofreu por você. Por amar você, quando você nem havia nascido. Ele te amou, Ele te ama!

Mas por que tudo isso? Por que tanto amor, por que tanto sofrimento, por que foi preciso que Jesus morresse por você?

Para você ter vida! Mas não essa sua vida que você vive. Mas para você ter vida eterna. Ele sofreu, o que era para eu e você termos sofrido em Seu lugar. Ele deu a vida d'Ele, para que você tenha vida!

Agora consegue entender por que Jesus ama você? Não, não há argumento, não há explicação, sempre vamos perguntar "mas por quê?" O amor de Jesus por você é um amor tão grande, mas tão grande, que a Bíblia - que é a Palavra de Deus - diz que esse amor excede todo entendimento.

Não tente entender o amor de Jesus por você! Apenas Viva esse amor! Quem mais amaria você dessa forma? Seus pais? Seu companheiro(a)? Você mesmo?
Ele - Jesus Cristo - ama muito mais! É Único em Amor, em Excelência e em Salvação!

No amor de Jesus há Salvação. Muitos outros podem até amar, mas nenhum outro pode Salvar você!

Vem cá... Algum outro morreu e ressuscitou? Jesus ama tanto a ponto de morrer por você, para Salvar você! Ele morreu por você, sim! Mas Ele ressuscitou. E hoje Ele Vive! E está pronto para receber você.

Entregue sua vida, seu coração, seus caminhos, seu amor, para Jesus. Faça sua vida valer a pena! Você vive para quê? Você veio de onde? Você vai para onde?

Deus lhe abençoe!

A Mochila e as Pedras...

Um fervoroso devoto estava atravessando uma fase muito penosa de sua vida, com graves problemas de saúde em família e sérias dificuldades financeiras. Por isso orava diariamente pedindo que o livrassem de tamanhas atribulações.
Um dia, enquanto fazia suas preces, um anjo lhe apareceu, trazendo-lhe uma mochila e a seguinte mensagem:

O Senhor se compadeceu da sua situação e lhe manda dizer que é para você colocar nesta mochila o máximo de pedras que conseguir, e carregá-la com você, em suas costas, por um ano, sem tirá-la por um instante sequer. Manda também lhe dizer que, se você fizer isso, no final desse tempo, ao abrir a mochila, terá uma grande alegria. E desapareceu, deixando o homem bastante confuso e revoltado.

"Como pode o Senhor brincar comigo dessa maneira? Eu oro sem cessar, pedindo a Sua ajuda, e Ele me manda carregar pedras?" Já não me bastam os tormentos e provações que estou vivendo? "Pensava o devoto. Mas, ao contar para sua mulher a estranha ordem que recebera do Senhor, ela lhe disse que talvez fosse prudente seguir as determinações dos Céus, e concluiu dizendo:

Deus sempre sabe o que faz...

O homem estava decidido a não fazer o que o Senhor lhe ordenara, mas, por via das dúvidas resolveu cumpri-la em parte, após ouvir a recomendação da sua mulher. Assim, colocou duas pedras pequenas, dentro da mochila e carregou-a nas costas por longos doze meses.

Findo esse tempo, na data marcada, mal se contendo de tanta curiosidade, abriu a mochila conforme as ordens do Senhor e descobriu que as duas pedras que carregara nas costas por um ano inteiro tinham se transformado em pepitas de ouro... , apenas duas pequenas pepitas.

Todos os episódios que vivemos na vida, inclusive os piores e mais duros de se suportar, são sempre extraordinárias e maravilhosas fontes de crescimento.

Temendo a dor, a maioria se recusa a enfrentar desafios, a partir para novas direções, a sair do lugar comum, da mesmice de sempre.

Temendo o peso e o cansaço, a maioria faz tudo para evitar situações novas, embaraçosas, que envolvam qualquer tipo de conflito.

Mas aqueles que encaram para valer as situações que a vida propõe, aqueles que resolvem "carregar as pedras", ao invés de evitá-las, negá-las ou esquivar-se delas, esses alcançam a plenitude do viver e transformam, com o tempo, o peso das pedras que transportaram em peso de sabedoria.

Como está sua mochila?

O que significa aceitar Jesus como Salvador?

Alguma vez você já aceitou Jesus como seu Salvador? Você sabe o que significa aceitar Jesus? Antes de responder, eu quero explicar um pouco mais sobre Jesus e porque precisamos Dele.

Quem é Jesus Cristo?

Muitas pessoas reconhecem Jesus apenas como um homem bom, um grande mestre ou um profeta de Deus. Essas coisas são muito verdadeiras sobre Jesus, mas elas não definem quem Ele realmente é. A Bíblia mostra que Jesus é o próprio Deus em carne, ou seja; Deus se tornou um ser humano (leia João 1:1,14). Deus veio a esta terra para nos ensinar, nos corrigir, nos curar, perdoar nossas falhas e morrer por nós! Jesus Cristo é Deus, o Criador, o Senhor de tudo. Você já aceitou este Jesus?

Mas o que é um salvador? Por que precisamos de um?

A Bíblia diz que todos nós pecamos e cometemos atos ruins durante toda a nossa vida (Romanos 3:10-18). Como resultado do nosso pecado, todos nós merecemos a ira e o julgamento de Deus, pois Ele é 100% santo. A única punição justa para os pecados que cometemos contra um Deus eterno é a punição eterna (Romanos 6:23, Apocalipse 20:11-15). É por isso que nós precisamos de um Salvador! Jesus veio à terra e morreu em nosso lugar. A morte dEle, como Deus em carne, foi um pagamento eterno por nossos pecados (2 Coríntios 5:21). Ele morreu para pagar a dívida pelos nossos pecados (Romanos 5:8). Jesus pagou um alto preço, para que nós não tenhamos que pagar. A ressurreição de Jesus dentre os mortos provou que Sua morte foi suficiente para pagar toda a nossa pena. É por isso que Jesus é o único Salvador do mundo (João 14:6; Atos 4:12). Você está confiando em Jesus como seu Salvador?

Jesus é o seu salvador pessoal?

Muitas pessoas vêem o Cristianismo como ir à igreja, realizar rituais, não cometer certos pecados graves. Isso não é Cristianismo! O verdadeiro cristianismo é uma relação pessoal com Jesus Cristo. Aceitar Jesus como seu Salvador pessoal significa colocar sua fé pessoal e confiança Nele. Ninguém é salvo pela fé dos outros. Ninguém é perdoado por realizar boas obras. A única forma de ser salvo é pessoalmente aceitar Jesus como seu Salvador, confiando em Sua morte como pagamento pelos seus pecados, e na Sua ressurreição como a sua garantia de vida eterna (João 3:16). Jesus é o seu único Salvador?
Se você quer aceitar Jesus como seu Salvador, diga as seguintes palavras abaixo, a Deus. Lembre-se que fazer esta oração ou qualquer outra não irá salvar você. Apenas confiando em Jesus é que você pode ser salvo. Esta oração é simplesmente uma forma de expressar a Deus a sua fé nEle e agradecer por lhe dar a salvação:
"Deus, eu sei que pequei contra Ti e mereço punição. Mas Jesus Cristo tomou sobre Si a punição que eu mereço, para que através da fé Nele eu pudesse ser perdoado. Eu recebo a Sua oferta de perdão e coloco minha fé em Ti para Salvação. Eu aceito agora Jesus como meu Salvador pessoal! Obrigado por Sua graça e perdão maravilhoso. Obrigado pelo dom da vida eterna! Amém!”"

JESUS O Bom Pastor...

A missão de um pastor é zelar pelo seu rebanho. O bom pastor cuida de suas ovelhas e tem muito carinho por elas, a ponto de arriscar a própria vida para protegê-las de qualquer perigo. Jesus afirma que Ele é o nosso bom Pastor, Aquele que cuida de nós e nos guia pelo caminho certo:
"Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas; e elas me conhecem; assim como o Pai me conhece e eu conheço o Pai; e dou a minha vida pelas ovelhas. Tenho outras ovelhas que não são deste aprisco. É necessário que eu as conduza também. Elas ouvirão a minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor. Por isso é que meu Pai me ama, porque eu dou a minha vida para retomá-la” (João 10:14-17).
Jesus conhece cada ovelha de seu rebanho. Não importa se são milhões de pessoas, Ele conhece individualmente cada uma delas; sabe de seus gostos, sentimentos, necessidades, sonhos e desejos... Ninguém nos conhece tão bem quanto Jesus! Quando sabemos que somos reconhecidos por Ele, não precisamos sentir medo ou vergonha de alguma coisa. Temos liberdade para sermos nós mesmos, com a certeza de que Ele nunca irá nos abandonar, por mais que estejamos muito longe de sermos perfeitos.
Jesus ainda disse que as Suas ovelhas O conhecem. A grandeza do nosso Senhor não permite que O conheçamos em tudo, mas há muitas coisas que podemos e devemos saber sobre Ele. Para isso, precisamos deixar que Ele governe a nossa vida diariamente, através de nossas atitudes e escolhas. Então veremos seus livramentos, sua provisão e o seu cajado nos consolando e corrigindo quando precisamos.
Quando estamos conhecendo alguém, é normal passarmos horas e horas conversando com ela. Certo? Com Jesus é a mesma coisa! Para termos mais intimidade com nosso bom Pastor, precisamos criar um relacionamento pessoal com Ele, através da oração e leitura da Bíblia. E mesmo assim, muita coisa que aprenderemos sobre Ele, virá através de situações que acontecerão em nossas vidas. O importante é continuarmos obedecendo Suas palavras e assim Ele nos guiará sempre no caminho certo. "Quer você se volte para a direita quer para a esquerda, uma voz atrás de você lhe dirá: "Este é o caminho; siga-o" (Isaías 30:21).
Mas talvez você se pergunte: Como posso ter certeza de que sou uma ovelha de Jesus? Veja o que Ele disse:
"As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão; ninguém as poderá arrancar da minha mão. Meu Pai, que as deu para mim, é maior do que todos; ninguém as pode arrancar da mão de meu Pai" (João 10:27-29).
Jesus disse que suas ovelhas são as pessoas que ouvem as Suas palavras e obedecem, com isso elas têm a segurança da vida eterna. Elas não dão ouvidos a um estranho (João 10.5), mas exclusivamente a Ele. Há muitas pessoas que dizem ser cristãs, mas buscam a palavra em outros lugares, fora da Bíblia. Não existe salvação fora do Evangelho, pois é somente nele que Deus revela o seu plano de salvação, ao enviar Jesus para morrer pelos nossos pecados.
Jesus confirmou que a Bíblia é o único livro que nos leva ao Pai - "Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade" (João 17:17). Por isso, quando alguém busca a solução em outro lugar, ela irá receber a palavra de um outro deus, ou seja, o deus deste século - Satanás (2 Co 4.4). O apóstolo Paulo nos alerta sobre esse perigo: "O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios" (1 Timóteo 4:1).
Por isso, a melhor forma de você e eu estarmos seguros, é entendermos que somos miseráveis pecadores e totalmente incapacitados de andar nos caminhos de Deus. Somos como a ovelha, que é um animal frágil, indefeso, míope e incapaz de cuidar de si mesmo, e quando nos vermos dessa forma, percebemos a grande necessidade de sermos guiados por Jesus - o nosso bom Pastor.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Aprenda com Jesus a ganhar almas.




Jesus cresceu na cidade de Nazaré, onde viviam seus pais, irmãos e amigos. Foi lá também que Ele começou o Seu ministério. É normal esperarmos receber palavras de incentivo e reconhecimento das pessoas que são do nosso convívio - e com Jesus não poderia ser diferente. Mas não foi bem isso que aconteceu: os habitantes de sua cidade-natal estavam felizes com o que Jesus lhes ensinava, mas até certo ponto... Quando Suas palavras se tornaram mais duras e corretivas, aquelas pessoas ficaram tão furiosas que pensaram até em matá-lo. Veja:
"Todos os que estavam na sinagoga ficaram furiosos quando ouviram isso. Levantaram-se, expulsaram-no da cidade e o levaram até ao topo da colina sobre a qual fora construída a cidade, a fim de atirá-lo precipício abaixo" (Lucas 4:28-29). Jesus deve ter ficado tão decepcionado com a reação dos seus conterrâneos que nem quis se defender. "Jesus passou por entre eles e retirou-se" (Lucas 4:30).
Após isso, a Bíblia conta que Jesus foi para Cafarnaum, onde pregou para multidões, expulsou demônios e fez vários milagres no meio do povo. Então, as pessoas daquela região ficaram tão maravilhadas que não quiseram que Ele fosse embora: "Ao romper do dia, Jesus foi para um lugar solitário. As multidões o procuravam, e, quando chegaram até onde ele estava, insistiam que não as deixasse" (Lucas 4:42).
Quem não gostaria de ficar em um lugar onde todo mundo admira o que você faz e te enche de elogios? No entanto, Jesus sabia que seu lugar não era lá, e que havia outras pessoas que precisavam ouvir a sua Palavra. "Mas ele disse: "É necessário que eu pregue as boas novas do Reino de Deus noutras cidades também, porque para isso fui enviado" (Lucas 4:43).
Com isso, Jesus nos deixa uma lição muito importante: Ele não foi movido nem pela rejeição das pessoas, nem por sua aceitação. Ele sempre foi movido pelo Espírito Santo de Deus! Se eu e você aprendermos como seguir Jesus, independente se seremos aceitos ou rejeitados, então estaremos no caminho certo para cumprir o chamado do Senhor de alcançarmos outras pessoas.

O que fazer quando as pessoas nos rejeitam?

Alguma vez você já tentou ajudar alguém que não queria ser ajudado de jeito nenhum? É comum ficarmos chateados com isso, pois pensamos que, se fôssemos mais claros e convincentes em nossas palavras, elas poderiam aceitar a nossa ajuda. Mas, para ser sincero, essa não é a nossa responsabilidade e nos libertar do peso da culpa que isso gera em nós.
Veja qual foi a orientação de Jesus aos Seus discípulos nesses casos. Ele disse: "Se alguém não os receber nem ouvir suas palavras, sacudam a poeira dos pés, quando saírem daquela casa ou cidade" (Mateus 10:14). Isso significa que se alguém não quiser ser ajudado, devemos continuar orando por eles, mas não somos obrigados a tentar mudá-los. O mundo está cheio de pessoas necessitadas, carentes, perdidas, que gostariam de receber um pouco do amor e incentivo que você está disposto a doar. Então, quando alguém te rejeitar, não desanime nem desista do seu chamado, apenas faça o que fez Jesus - vá para aqueles que desejam o que você tem.

E o que fazer quando as pessoas nos querem muito?

Há outros momentos em que as pessoas não irão querer que você saia de perto delas, porque gostam muito de quem você é, e também do que você faz para elas. Com isso, é tentador ficar perto dessas pessoas que te admiram e te respeitam, pois elas realmente te valorizam. Mas, se você esolher ficar neste círculo, você não será capaz de alcançar outras pessoas necessitadas que Deus deseja colocar no seu caminho.
Se cada pessoa soubesse do potencial que tem em influenciar e fazer a diferença na vida dos outros, haveria um reavivamento genuíno no mundo inteiro! Então, é hora de você fazer a sua parte e começar a compartilhar o que Deus te deu. Assim como Ele disse a Abraão: "Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção? (Gênesis 12:2), Deus fará o mesmo através da sua vida!

Filme Gospel. Recuperando a Esperança.


Pr. Fernandinho Em:Cristão é coisa séria.


Meu Barquinho - Giselli Cristina e Moises Cleyton 2014 Clip Oficial.



O vento balançou meu barco em alto mar
O medo me cercou e quis me afogar
Mas então eu clamei ao filho de Davi
Ele me escutou por isso estou aqui

O vento Ele acalmou
O medo repreendeu
Quando Ele ordenou
O mar obedeceu

Não temo mais o mar pois firme está minha fé
No meu barquinho está Jesus de Nazaré
Se o medo me cercar ou se o vento soprar
Seu nome eu clamarei
Ele me guardará

Não temo mais o mar pois firme está minha fé
No meu barquinho está Jesus de Nazaré
Se o medo me cercar ou se o vento soprar
Seu nome eu clamarei
Ele me socorrerá.

5 verdades sobre o perdão.

Resultado de imagem para o que é santidade e santificação
 Desentendimentos, brigas, separações e mágoas acontecem todos os dias pela falta de perdão. O perdão só existe porque todos nós podemos cometer erros e sem ele, seria impossível manter relacionamentos saudáveis com as pessoas.
Entretanto, apesar de ser tão importante, perdoar não é nada fácil, principalmente para aqueles que não seguem o que a Palavra de Deus orienta a fazer. Por isso, resolvi escrever cinco verdades bíblicas sobre o perdão. Em um primeiro momento, elas podem nos confrontar, mas, depois, vão nos direcionar a fazer a coisa certa:

1) Perdão não é uma escolha

É comum escolhermos o que vamos perdoar, baseados naquilo que acreditamos ser "perdoável" ou não. Algumas pessoas acreditam, por exemplo, que alguém que comete o mesmo erro conosco mais de uma vez, não merece ser perdoada. Então elas criam uma espécie de "escala de perdão".  Mas a Palavra de Deus nos mostra que, perdoar não é uma escolha, mas uma ordem! Veja o que Jesus disse: "Tomem cuidado. Se o seu irmão pecar, repreenda-o e, se ele se arrepender, perdoe-lhe. Se pecar contra você sete vezes no dia, e sete vezes voltar a você e disser: ‘Estou arrependido’, perdoe-lhe" (Lucas 17:3-4).

2) Perdão não é um sentimento

Sentir vontade de perdoar é muito bom. Mas a verdade é que quase nunca isso acontece! Se analisarmos os nossos sentimentos, encontraremos raiva, mágoa e desejo de vingança em nosso coração.  Por isso a Bíblia nos mostra que o perdão não deve ser fruto da emoção, e sim da razão.
É claro que o sentimento pode estar envolvido no ato de perdoar, mas, se não estiver, a razão tem que prevalecer. Quando Pedro perguntou a Jesus sobre o quanto devemos perdoar, Ele deu uma resposta impactante: "Então Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: ‘Senhor, quantas vezes deverei perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?’. Jesus respondeu: ‘Eu lhe digo: não até sete, mas até setenta vezes sete’" (Mateus 18:21,22).
Só conseguiremos cumprir esse mandamento se tivermos uma vontade racional de perdoar e agradar ao Senhor. Se formos levados pela emoção, não vamos conseguir perdoar nem uma vez, quanto menos setenta vezes sete!

3) Perdão fingido não é perdão

Fingir o perdão é algo que muitas pessoas fazem, pois torna as coisas mais "fáceis". Eu mesmo já fingi ter perdoado uma pessoa só porque precisava continuar convivendo com ela. Mas depois de um tempo, Deus me mostrou que eu ainda não tinha perdoado, porque não era algo verdadeiro, vindo do meu coração. Então, eu chamei a pessoa e liberei o meu perdão com sinceridade. (Se você está sempre criticando e apontando os defeitos do outro, este é um sinal de que você ainda não perdoou esta pessoa).

4) Perdão não é esquecer

Conheço muitas pessoas que não liberam o perdão por acharem que, por elas se lembrarem do que ocorreu, significa que não houve o perdão. Mas, se nos basearmos nesse modo de pensar, nunca conseguiremos perdoar ninguém! Quando somos agredidos ou ofendidos de alguma forma, o nosso cérebro guarda aquelas informações tão intensamente, que dificilmente nos esqueceremos um dia.
Então, quando você perdoa, não significa que você esqueceu o que o outro fez com você, mas sim de que você não leva mais em conta. Quem perdoa, se lembra do que aconteceu, mas também se lembra que decidiu liberar perdão e isso traz paz ao coração. Veja o que Deus disse para o povo de Israel: "Porque eu lhes perdoarei a maldade e não me lembrarei mais dos seus pecados" (Jeremias 31:34). Essa passagem diz que Deus não se lembrará mais dos pecados daquele povo, mas eu te pergunto: Será que o Deus Todo Poderoso pode se esquecer de alguma coisa? É claro que não! Com isso, o texto mostra que Deus não os culpa mais pelos pecados confessados, pois Ele já os perdoou.

5) Deus não aprova a falta de perdão

Mesmo diante de todas essas verdades citadas aqui, existem muitas pessoas que não estão dispostas a perdoar. O problema é que essa decisão coloca essas pessoas diante do julgamento de Deus: "Pois se perdoarem as ofensas uns dos outros, o Pai celestial também lhes perdoará. Mas se não perdoarem uns aos outros, o Pai celestial não lhes perdoará as ofensas" (Mateus 6:14-15).
Pode parecer terrível, mas Deus não perdoa aqueles que não querem perdoar, pois Ele demonstrou o maior ato de perdão, ao enviar Seu Filho para morrer por nós, mesmo sendo tão pecadores! Por isso, a falta de perdão pode trazer muitas coisas ruins. Ela nos leva para longe da presença do Senhor e abre brechas para que o inimigo atue em nossas vidas. Em Isaías 59:2 está escrito: "As suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele, e por isso ele não os ouvirá".
Essa é uma das razões pela qual tantas pessoas sofrem com doenças físicas e emocionais. A falta de perdão e o distanciamento de Deus gera uma ferida espiritual muito grande na pessoa, que tende a aumentar com o passar do tempo.

Conclusão

Diante dessas cinco verdades sobre o perdão, não resta dúvidas de que perdoar é preciso. É o melhor caminho a seguir, por mais que seja difícil e fira o nosso orgulho. Muitas vezes, não perdoamos porque achamos que somos melhores que os outros, mas devemos nos lembrar que nós também temos defeitos e pecamos, e mesmo assim Deus sempre nos dá uma nova chance. Quando perdoamos, nós nos aproximamos de Deus e isso nos traz paz, saúde física, mental e espiritual. Por isso, se você foi ferido ou magoado por alguém e ainda não a perdoou, tome coragem e a procure o quanto antes. Deus se agradará de você te trará para mais perto Dele! (Se você tem dificuldade em perdoar, leia: Aprenda a perdoar e fique livre da mágoa).

Como ser cheio do Espírito Santo.


Todo cristão comprometido com Deus deseja do fundo do coração ser cheio do Espírito Santo. Mas, para que isso aconteça é preciso esvaziar o coração de tudo o que nos afasta do Senhor. A palavra ‘esvaziar’ significa ‘tornar vazio, desocupar’. Isto é, devemos desocupar a nossa casa espiritual (coração) para dar lugar ao Espírito de Deus. Se estivermos cheios de orgulho, vontade própria, vaidade, raiva, murmuração etc, então o Espírito Santo não terá espaço para atuar em nossas vidas.
É por isso que poucos vivem cheios do Espírito Santo, pois não querem negar a si mesmos e ter uma vida de obediência. Devemos seguir o exemplo de Paulo que abriu mão dos seus títulos religiosos, reconhecimento das pessoas e negou a sua vida para viver os planos de Deus. Veja o que ele disse:
"Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim" (Gálatas 2:20).
Enquanto não morremos para o nosso eu, não poderemos experimentar uma vida cheia do Espírito Santo. A Bíblia diz que "a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam" (Gálatas 5:17).
É impossível alguém ser controlado pela carne e viver a plenitude do Espírito. Para sermos cheios do Espírito Santo precisamos crucificar as obras da carne (Romanos 8:5) e renovar nossa mente dia após dia com a Palavra de Deus (Rm 12:1,2). Não é algo fácil, pois requer disciplina e perseverança, mas o resultado é maravilhoso! Quando estamos cheios do Espírito Santo, nós produzimos os frutos do Espírito: amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio” (Gálatas 5:22,23) e experimentamos a presença de Deus constantemente no nosso coração.
Jesus vivia em constante comunhão com o Pai e isso o capacitava a enfrentar os ataques de Satanás. Se quisermos também ser fortes espiritualmente para vencer as lutas e fazer a vontade de Deus, devemos exercer algumas práticas espirituais além da oração. Paulo nos ensina quais são elas:
"Não se embriaguem com vinho, que leva à libertinagem, mas deixem-se encher pelo Espírito, falando entre si com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando de coração ao Senhor, dando graças constantemente a Deus Pai por todas as coisas, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo" (Efésios 5:18-21).

1) Cantando louvores a Deus (versículo 19)

Muitas pessoas bebem para lidar ou fugir dos problemas e dificuldades emocionais. É uma forma de se refugiarem, mas Paulo disse que a melhor defesa para o cristão contra a tristeza e depressão é cantar louvores a Deus. Através de salmos, hinos e cânticos espirituais, levantamos o nosso espírito e o fortalecemos. Com isso somos capazes de ajudar e encorajar os outros. Os cânticos servem também para mostrarmos a nossa gratidão a Deus nos momentos de alegria (Tiago 5:13).

2) Dando graças a Deus (versículo 20)

Pessoas carnais geralmente se preocupam somente com as coisas deste mundo. Elas estão sempre alimentando a inveja, murmuração, frustração, mas o discípulo de Cristo está sempre agradecendo, pois ele enxerga a vida com os olhos da fé. Ele sabe que até mesmo as coisas que dão errado, Deus fará tudo cooperar para o seu bem. Quando entendemos que tudo que enfrentamos é para o nosso crescimento espiritual, e que os sofrimentos de hoje não se comparam com glória eterna reservada para nós (Rm 8:18), nós encontramos muitos motivos para agradecer.

3) Sujeitando uns aos outros (versículo 21)

Uma das coisas que mais trazem satisfação na vida é servir as pessoas. Aqueles que são egoístas e ambiciosos, nunca se sentem realizados e jamais serão cheios do Espírito Santo. Mas quando decidimos colocar em prática o amor e nos preocupamos com as necessidades dos outros, o Espírito Santo nos enche e sentimos uma alegria que não dá para explicar. Jesus disse: "Mais bem-aventurado é dar que receber" (Atos 20:35).
Você quer ser cheio do Espírito Santo? Esteja sempre louvando, agradecendo e servindo aos outros!

5 palavras de Jesus que podem mudar o mundo.

Resultado de imagem para o que é santidade e santificaçãoVocê já deve lido ou ouvido falar do Sermão da Montanha onde Jesus deu um discurso para milhares de pessoas, com lições de conduta e moral que até hoje orientam a vida dos cristãos. As palavras de Jesus neste Sermão são profundas (e difíceis), mas se praticadas, trazem uma verdadeira libertação a qualquer pessoa. Jesus disse sobre como podemos ter acesso ao Reino de Deus e da transformação que esse Reino produz em nós. Ou seja, se obedecermos as palavras de Jesus, poderemos mudar o mundo à nossa volta e a nós mesmos.
Abaixo, eu coloquei 5 palavras que Jesus disse no Sermão da Montanha, que trazem grandes transformações quando são praticadas. Eu também quero te incentivar a ler todo o Sermão da Montanha, que está no Novo Testamento da Bíblia, em Mateus capítulos 5 ao 7. Espero que estas palavras de Jesus mudem a sua vida, assim como tem mudado a vida de milhões de pessoas ao longo da história:
1) Devemos ser luz nesse mundo de trevas (Assim como a lua reflete a luz do sol, devemos refletir a Luz de Cristo através de nossas boas obras)
"Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Pelo contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa. Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus" (Mateus 5:14-16).
2) Devemos perdoar rapidamente e buscar humildemente o perdão
"Portanto, se você estiver apresentando sua oferta diante do altar e ali se lembrar de que seu irmão tem algo contra você, deixe sua oferta ali, diante do altar, e vá primeiro reconciliar-se com seu irmão; depois volte e apresente sua oferta" (Mateus 5:23-24).
3) Devemos buscar a santidade como prioridade (Todo pecado sexual ou qualquer outro começa na mente)
"Vocês ouviram o que foi dito: ‘Não adulterarás’. Mas eu lhes digo: qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração" (Mateus 5:27-28)
4) Nós ficamos mais parecidos com Cristo quando amamos quem não merece, perdoamos quem nos ofende e fazemos o bem para quem não retribui
"Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’. Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem, para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos" (Mateus 5:43-45).
5) Deus quer demonstrar o Seu amor perfeito através de pessoas imperfeitas (como eu e você)
"Se vocês amarem aqueles que os amam, que recompensa receberão? Até os publicanos fazem isso! E se vocês saudarem apenas os seus irmãos, o que estarão fazendo de mais? Até os pagãos fazem isso! Portanto, sejam perfeitos como perfeito é o Pai celestial de vocês" (Mateus 5:46-48)