terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Vem Ai...



Venham e traga a sua Família pois  vocês são os nossos convidados,venham pois Deus tem uma bênçãos para vocês.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

A Mulher Pecadora que Ungiu e Lavou os Pés de Jesus.


a pecadora que ungiu os pes de jesus

A história da pecadora que ungiu os pés de Jesus com o puro nardo, um óleo perfumado de altíssimo valor, guardado em um vaso especial, o vaso de alabastro.
O vaso de alabastro era produzido com um tipo de pedra frágil, transparente, que pode ser facilmente polida ou esculpida.
Ela era muito usada para substituir o vidro. Os frascos com perfume de alabastro eram selados e descartáveis. Eram quebrados ao abrir e jogados fora quando ficavam vazios.
Jesus foi convidado por Simão, um fariseu, para comer em sua casa. Simão queria conhecer melhor a Jesus. Queria ver de perto este personagem que sua fama se espalhava por onde passava.
O Mestre arrastava multidões, onde quer que fosse. Quem sabe o fariseu não se sentiria atraído pela pregação de Jesus? É certo que ele queria observar as palavras de Jesus, mais de perto.
"E rogou-lhe um dos fariseus que comesse com ele; e, entrando em casa do fariseu, assentou-se à mesa." Lucas 7:36 Jesus aceitou o convite e foi ter com ele. O Mestre que muitas vezes reprovou os fariseus, demonstrou não ter nenhum preconceito. As conversas de Jesus nestes tipos de encontro, eram extremamente edificantes. O Mestre em todos os lugares, estava em obediência à vontade do Pai, anunciando o evangelho.

sábado, 13 de janeiro de 2018

Naamã é Curado da Lepra com 7 Mergulhos no rio Jordão.


 Imagem relacionada

 
A história da cura da lepra de Naamã traz um lindo ensinamento sobre o poder da humildade e da obediência à palavra de Deus.
Naamã apesar de ser um estrangeiro, gentio sem conhecimento do Deus de Israel, creu na pequena, mas poderosa palavra de uma jovem escrava. E tudo é possível àquele que crer.
Vamos falar neste estudo, um pouquinho da vida deste fantástico personagem do livro de 2 reis 5:1-27, da sua cultura, da sua fé e das preciosas lições que a sua cura nos deixa, através dos significados que os sete mergulhos no rio Jordão representam para os cristãos de todos os tempos.
Depois do grande reino de Salomão houve um conflito entre os israelitas, e o reino foi dividido em dois, o reino de Israel (reino do norte) constituído de dez tribos, e o reino de Judá (reino do sul) com apenas as tribos de Judá e Benjamim.
A Síria (não confundir com a Assíria, que era outra poderosa nação), estava localizada ao norte do reino de Israel, e pagava tributos ao rei Davi durante todo o seu reinado. Porém com a morte de Davi, os sírios reconquistaram a sua independência.
O reino de Israel e os Sírios, chamados algumas vezes de Arameus, também estiveram envolvidos em guerras pelo controle das rotas de comércio por cerca de 150 anos. Damasco tinha intenção de aumentar os seus negócios, mas Israel controlava todas as grandes rotas dos países ao sul do Egito e da Arábia.
Entretanto, todo comércio deveria passar por Damasco, para chegar aos mercados dos ricos países que formavam a mesopotâmia, uma rota de vital importância estratégica para Israel.
E neste contexto de interesses comerciais, ambos exércitos, tanto o de Israel e o exército Sírio, estavam constantemente engajados em batalhas pelo controle e hegemonia sobre tais caminhos por onde as caravanas com produtos passavam.
Naamã, o arameu, foi um general do exército sírio, quando Ben-Hadade II era rei da Síria (860 - 842 a.c.). Em 2 reis 5:1 encontramos expressões que descrevem sua personalidade, sua honra e sua habilidade no combate.
"E Naamã, capitão do exército do rei da Síria, era um grande homem diante do seu SENHOR, e de muito respeito; porque por ele o SENHOR dera livramento aos sírios; e era este homem herói valoroso, porém leproso." 2 Reis 5:1 O rei era naquele tempo o comandante supremo, entretanto, colocava a frente do exército um general comandando suas tropas.

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Vem Aí...


Venha e Traga Sua Família,Vai Ser Uma Benção.

A Mulher Adúltera e Jesus.


 Resultado de imagem para A Mulher Adúltera e Jesus




Era muito difícil a posição da mulher na cultura judaica do primeiro século. A mulher judia, mesmo que pertencesse a uma família rica, estava situada em um patamar inferior na sociedade.Assim, neste fato narrado no livro de João 8, vemos que somente a mulher adúltera é trazida ao mestre, para ser julgada. Desta forma, os fariseus começaram a sua hipócrita e machista tentativa de induzir Jesus ao erro. A lei exigia que o casal adúltero fosse apresentado. Onde estava o homem que com ela cometeu tal pecado?
As mulheres e os não circuncidados, não podiam participar do templo. Estavam fora do contexto religioso mais importante do judaísmo.
Um bom judeu, cuidadoso da lei e dos profetas, deveria começar o dia recitando três bençãos diárias, que constavam no Talmud da Babilônia, presentes no Tratado "Menachot". Abaixo, leia um trecho de uma dessas citações.
"Bendito sejas Tu, Eterno, nosso Deus, Rei do Universo que não me fizeste mulher". Tratado Menachot."E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério; E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando". João 8:3-4
Assim, neste fato narrado no livro de João 8, vemos que somente a mulher adúltera é trazida ao mestre, para ser julgada. Desta forma, os fariseus começaram a sua hipócrita e machista tentativa de induzir Jesus ao erro. A lei exigia que o casal adúltero fosse apresentado. Onde estava o homem que com ela cometeu tal pecado?
"Também o homem que adulterar com a mulher de outro, havendo adulterado com a mulher do seu próximo, certamente morrerá o adúltero e a adúltera." Levítico 20:10 Jesus sabia que para aquela geração corrupta, a vida daquela mulher não tinha valor algum. Ninguém se importava com as condições que a levaram àquele pecado. O que faria com que uma mulher, sabendo que a pena capital de morte seria aplicada, em caso de ser pega em flagrante adultério e, ainda assim, cometesse tal ato?
Por isso, mesmo com amargura no olhar e sofrimento no rosto, o medo fazia com que uma mulher desprezada por seu marido, já sem receber a devida atenção e carinho, continuasse a suportar o casamento.
Ninguém sabe quais foram as promessas que o homem adúltero fez para aquela mulher. Muitas vezes palavras doces e bonitas, tudo que não ouvia em casa, carinho, atenção e cuidado que seu marido já não mais a dedicava.
O coração falou mais forte, entregou-se ao que parecia uma paixão, enganou-se num amor que nunca tinha vivido de verdade.

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Jesus Acalma a Tempestade.


Resultado de imagem para Jesus Acalma a Tempestade



Vemos em Marcos, capítulo 4, Jesus ensinando uma grande multidão, junto ao Mar da Galiléia. O mestre falava sobre a parábola do semeador.
Jesus os ensinou falando por várias parábolas, todo aquele dia, entretanto ao cair da tarde, o mestre chamou seus discípulos para passarem ao outro lado do mar.
Jesus sabia da necessidade de encontrar do outro lado do lago, um homem que ele libertaria das prisões do mal.
E o texto informa no verso 36 que, como ele ensinava a multidão do barco, da mesma forma os deixou e partiu. Algo muito comum para seus discípulos. Estes eram pescadores, homens experientes no mar. Estavam acostumados a navegar.
Os discípulos de Jesus conheciam bem o Mar da Galiléia. Um lago com 21 Km de comprimento e 12 Km de largura, formado pelo derretimento de neve proveniente do Monte Hermom. O lago de Genesaré está a 208 metros abaixo do nível do mar Mediterrâneo.
Os ventos tempestuosos sopram pela terra adentro, em consequência da diferença de temperatura entre o planalto e a bacia em depressão do lago. À noite a temperatura cai consideravelmente no planalto, mas não junto ao mar da Galiléia. Este choque térmico causa ventos fortes e tempestades.
Os discípulos como homens do mar, conheciam muito bem o seu barco. Tinham total domínio de manobras. Estavam seguros. Passar para o outro lado era algo muito fácil de se fazer. Eles tinham todos os recursos humanos necessários para isso.
E assim eles partiram. Confiantes em seu conhecimento. Mar calmo, tranquilo. A distancia era pequena. Nenhum problema à vista. Porém o texto informa que repentinamente começou a soprar um forte vento. As ondas começaram a se levantar sobre o barco. Os discípulos de Jesus, homens treinados, estavam sem entender o que acontecia.
Apesar de seus recursos, seu conhecimento e treinamento, o barco que estavam, agora era sacudido e invadido pelas ondas do mar. Estavam impotentes diante do poder da natureza. Eles nada podiam fazer para evitar que se afundasse.
"E levantou-se grande temporal de vento, e subiam as ondas por cima do barco, de maneira que já se enchia." Marcos 4:37 .Há muitas pessoas que também passam por circunstâncias semelhantes. Olhando os recursos desta vida, tocam o barco do seu ser, em uma autossuficiência, pensando que seus recursos materiais, seus conhecimentos ou treinamentos os guiarão em segurança.Porém a qualquer momento o vento pode começar a soprar e as ondas do mar, a se levantar. E mesmo todo conhecimento pode vir a ser inútil, ao ver seus recursos humanos afundando.

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Inauguração do novo Templo da Igreja Evangélica do Avivamento.



Perde não vai ser uma benção.

Intimidade com Deus.


 Imagem relacionada




“A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais Ele fará conhecer a sua aliança.” Salmos 25:14
Todos querem algo de Deus, mas nem todos querem intimidade e aliança com Ele. Muitos estão dispostos a pagar o quanto for necessário para conseguir a benção, pagam para não se envolver com a obra ou se escondem atrás de uma falsa religiosidade ao dizer que estão esperando o toque do Espírito Santo para que façam algo, parece que nunca são tocados e mantém sempre a mesma resposta “estou orando” para justificar sua inércia.
Ouvir a voz de Deus é a vontade de todos, mas Deus só se faz conhecido àqueles que o buscam.  Só revela a vontade dEle àqueles que são íntimos. Você fala de sua vida, dos seus planos e sonhos para qualquer um? Deus também não. Você permite que qualquer pessoa que chegue à sua casa tenha livre acesso a ela e possa usufruir de tudo e de seus pertences? Deus também não. Você tem livre acesso ao Pai, você pode falar com Ele, entrar na presença dEle sempre que quiser pois Jesus nos proporcionou isso quando o véu que nos separava rasgou.
Deus é dono do ouro e da prata, tudo o que Ele possui é seu, pois você é filho. (O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus. Filipenses 4:19). Você pode desfrutar de tudo o que Deus tem de melhor para você, mas não conseguirá isso tratando-o com superficialidade, como se Ele fosse um vendedor de bênçãos. Mesmo porque o que Deus tem de melhor para lhe oferecer não são bênçãos materiais mas sim paz, alegria, perdão, cura e salvação.
O tema principal da bíblia é a salvação, todo o restante é consequência. Deus é amor e como nos ama do jeito que somos e apesar de nossos pecados, Ele deseja sempre o melhor. Ele nos ama e por isso está conosco, por isso enviou Jesus que de forma humana passou e sentiu o que sentimos, sentiu dor e se esvaziou na cruz para que pudéssemos desfrutar incondicionalmente e intimamente do amor e da presença do Pai. Para que através do Espírito Santo, Jesus habite em nós quando o recebemos como nosso único e verdadeiro Salvador.
Você só será íntimo de Deus se buscá-lo sempre, não só de vez em quando, não só quando tem um problema, não só quando quer algo. Quando a gente ama alguém, deseja estar perto pelo simples prazer da presença da pessoa, pelo sentimento que nos traz, porque é muito bom estar perto da pessoa amada.
Assim é para com Deus, será que você já experimentou o prazer da presença de Deus? A alegria de estar perto, a tranquilidade, o sentimento de estar nos braços do Pai?
Às vezes ao passar por um deserto o primeiro pensamento que vem a mente é “Deus não me ama mais, Deus me esqueceu”, o que não é verdade. Pode ser que aquele deserto seja a maneira de Deus de te chamar atenção e dizer “Ei, Estou aqui. Fale comigo” e te levar a um nível mais profundo de intimidade com Ele. Talvez se não fosse dessa forma você nem pensaria nisso, se perderia na multidão de tarefas que te cercam todos os dias e destinaria à Deus alguma queixa no fim de noite antes de dormir acompanhado de um “Livra-me do mal, amém”. Deus não quer apenas que você cumpra com um ritual orando ao acordar, antes das refeições e antes de dormir ou até uma oração do Pai Nosso decorada, fria, não sentida e nem crida. Deus quer mais e não somente uma pequena parte de seu dia que você cumpre como um dever e já não sente mais nada, apenas faz por fazer.
Deus tem muito a lhe falar, será que você tem parado para ouvir? Será que você quer ouvir ou simplesmente quer logo a benção e pronto? Você realmente deseja saber o que Deus tem sonhado para você ou quer agir à sua maneira? Deus tem liberdade em todas as áreas de sua vida ou você restringe a ação dEle dizendo “aqui não Senhor, aqui é do meu jeito, aqui eu domino”?
Se você cansou de agir do seu jeito, se você quer mais, se quer se lançar nos braços do Pai, sentar e se abrir com Ele e para Ele, então existem algumas coisas que você pode fazer para ter mais intimidade com Deus.
Não conheço melhor forma de começar a ter intimidade com alguém do que conversando. (Orai sem cessar. 1 Tessalonicenses 5:17)
A bíblia diz que devemos orar sem cessar, será que é possível? Sim é possível. Para ser íntimo de Deus você precisa falar com Ele. Não há nenhum impedimento para isso, não há uma central telefônica celestial com linhas ocupadas e chamadas que caem e anjos atendentes enlouquecidos por tantas ligações, não há secretária eletrônica e nem o famoso “vou estar transferindo sua ligação”, nada disso. É direto com o Pai e Ele não está ocupado demais para te ouvir, Ele quer te ouvir.

Crente ou Discípulo.


Resultado de imagem para crente ou discípulo 





Um crente só espera os peixes
Um discípulo é pescador
Um crente luta para aparecer
Um discípulo luta para dar frutos
Um crente se ganha
Um discípulo se faz
Um crente entrega parte de sua ganância
Um discípulo entrega sua vida
Um crente murmura
Um discípulo obedece
Um crente vale para somar
Um discípulo  para multiplicar
Um crente espera milagres
Um discípulo opera milagres
Um crente pensa como cristão
Um discípulo vive como cristão
Um crente canta
Um discípulo louva e adora
Um crente tem saudades do Egito
Um discípulo tem saudades do céu
Um crente crê em Deus
Um discípulo serve à Deus
Um crente acredita ser voluntário na igreja e vai quando “pode”
Um discípulo entende que é servo e diz “eis-me aqui”

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

A Sunamita e Seu Filho | O Sonho Não Morreu.


 Resultado de imagem para A Sunamita e Seu Filho, os Sonhos de Deus Não Morrem




Uma das histórias mais comoventes da bíblia é esta sobre a Sunamita. Uma mulher de nome desconhecido, mas que o seu testemunho de vida atravessou milênios, em um verdadeiro exemplo de fé.
Ela lutou pelo seu sonho, não deixou morrer a esperança, passou momentos difíceis, mas confiou em Deus e não se decepcionou.
A história da Sunamita ocorreu aproximadamente entre 874 - 782 antes de Cristo, época em que apareceu no reino do norte de Israel o profeta Eliseu, que foi discípulo de Elias.
O nome pelo qual ficou conhecida vinha da cidade de Suném, que traduzido significa [declive], pois Suném estava localizada em uma elevação de terras a cinco quilômetros ao norte do vale de Jezreel.
Rodeada por cactos e pomares, logo a sua frente estava o monte Carmelo, onde Elias lutou com os quatrocentos profetas de baal. Bem próximo ao sul, podia se ver o caminho inclinado que levava ao monte Gilboa.
De Suném se contemplava toda a planície de Jezreel, uma rica área agrícola. Muitos fazendeiros moravam no vale de Jezreel. O solo fértil favorecia o crescimento dos grãos, proporcionando grandes colheitas, o que acentuava o contraste entre a fertilidade do local, com a infertilidade que sofria a Sunamita.Mas Deus contemplava a sua generosidade e a sua hospitalidade, a dedicação em servir ao Senhor através da ajuda que oferecia ao seu servo Eliseu. E esta atitude de amor para com o homem de Deus, gerou uma promessa, que ela mal podia acreditar; a Sunamita nunca esperou tamanha benção.Este foi o sonho que a Sunamita escolheu para sonhar, um lar simples, mas feliz, uma família debaixo das bençãos de Deus. E o menino crescia nos caminhos do Senhor. Toda vez que ela olhava para seu filho, se lembrava da promessa de Deus se cumprindo na sua vida. Era lindo!

sábado, 6 de janeiro de 2018

A Cura do Leproso.



http://www.rudecruz.com/imagens/o-leproso-purificado.jpg

A cura de um leproso é muito bem abordada no capítulo 5 do livro de Mateus. Jesus sobe a um monte para ensinar uma grande multidão que o seguia.
Muitos seguiam a Jesus, especialmente os rejeitados, os desvalidos da vida, homens e mulheres que não tinham voz na sociedade.
Aqueles que eram ignorados, pobres, doentes, os excluídos se sentaram para ouvir o que o mestre tinha a dizer.
As palavras do mestre encheram corações de esperança. Jesus rompe com preconceitos e surpreendentemente inicia o seu discurso afirmando que, esses, que eram desprezados pela sociedade, eram os bem-aventurados.

"Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;" Mateus 5:3-4
Ao quebrado, Jesus chamava de amigo. Ao perdido, Jesus chamava de filho. Uma nova e melhor doutrina se chegava aos ouvidos. E a multidão se maravilhava dela! Nunca antes se houvera conhecido palavras como aquelas.Jesus então termina seu discurso e desce do monte. Porém a vida de muitos ali, nunca mais seria a mesma. E eis que com o coração cheio de esperança, tocado pelas palavras do mestre, sai do meio da multidão um leproso que se apresenta a Jesus.

"E, descendo ele do monte, seguiu-o uma grande multidão. E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo." Mateus 8:1-2
Quebrantado, humilhou-se aos pés de Jesus. Rompeu com muitos grilhões para poder se aproximar do mestre. Somente pela fé, gerada pelas palavras ternas de Jesus, poderia fazer um leproso, ultrapassar essas barreiras.

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

A Ressurreição de Lázaro.


 http://www.rudecruz.com/imagens/lazaro-venha-para-fora.jpg


Esta é uma narrativa de uma beleza e exuberância incomparáveis! Em João 11, a ressurreição de Lázaro. Uma história cheia de emoção, quando Jesus chorou ao se aproximar do túmulo de um amigo amado.
Jesus fica sabendo da enfermidade de Lázaro, quando estava na Peréia, além do Jordão, no lugar onde João o havia batizado.
O mestre permanece ainda mais dois dias na região da Peréia. Jesus então passa o Jordão e vai para Betânia, onde Lázaro morava.
Betânia era uma aldeia no antigo Israel e distava cerca de 3km de Jerusalém. E Jesus esclarece aos seus discípulos da morte de Lázaro, mas que ele o ressuscitaria e que muitos creriam nele através daquele milagre.
Ao chegar na aldeia de Betânia, o mestre encontra um clima de tristeza e pesar. A terrível dor da separação de um ente querido, trazia lágrimas aos olhos de todos ali presentes.
Jesus vendo-os chorar, move-se em si mesmo e se compadece do sofrimento humano. Ao se aproximar do túmulo de Lázaro, o mestre se depara com o resultado da separação entre Deus e o homem, ocorrido muito tempo atrás, no Jardim do Éden.

"Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás." Gênesis 2:17
João continua sua narração com uma frase comovedora, uma das mais belas de toda a bíblia: Jesus chorou! E o choro de Jesus é muito mais profundo do que podemos imaginar. O mestre estava a demonstrar a tristeza de Deus com a sentença que estava sobre o homem após a sua queda.

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor." Romanos 6:23
Jesus chorava por ver o sofrimento que estava destinado aos homens, a sentença dada a Adão por sua desobediência, a morte física e a separação de seus familiares e amigos. O choro de Jesus revela que Deus não fica indiferente ao sofrimento humano.
A morte é o preço da condenação pela desobediência, porém, este não era o desejo de Deus no princípio. Deus não fica feliz por este castigo. Jesus chorou também por causa daqueles que com dureza no coração, não criam e iriam enfrentar a morte, sem salvação, perdidos eternamente.
"Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;" João 11:25
Para provar que ele tem autoridade sobre tudo e sobre todos, até sobre a morte, Jesus com grande poder, chama Lázaro e o ressuscita dos mortos.

"E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir." João 11:43-44
A morte não é mais o final. A angústia e a tristeza são superados pelo amor e o poder de Jesus, na bendita esperança de que ele trará novamente os seus filhos à vida, para nunca mais morrerem. Estaremos reunidos com ele eternamente.

Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem." 1 Coríntios 15:21
E a família de Lázaro, suas irmãs Marta e Maria, assim como seus amigos exultaram de alegria. Puderam testemunhar que Jesus tem todo o poder no céu e na terra. Muitos que depois visitaram Lázaro, atônitos, creram no salvador Jesus Cristo.

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Como tem sido suas orações?.


 https://www.pastorantoniojunior.com.br/uploads/posts/comotemsidosuasoracoes-5959ad4adf35b.jpg


"Senhor, obrigado por mais um dia. Perdoe os meus pecados e abençoe meus pais e meus irmãos. Em nome de Jesus. Amém!"
Toc, toc, toc...
_ Deus?? É o Senhor? O que o Senhor está fazendo aqui?
_ Sim, meu filho. Sou Eu. Estou sempre batendo na sua porta, querendo entrar na sua vida.
_ Ah! Que legal! Mas o Senhor já faz parte da minha vida desde que já aceitei Jesus há alguns anos.
_ Eu sei Meu filho, mas preciso te contar uma coisa.
_ Claro, Deus! Pode falar!
_ Quando você vai mudar o seu modo de orar?
_ Uéé!? Como assim?
_ Meu filho, até os anjos já sabem de cor as suas orações - "Senhor, obrigado por mais um dia... Senhor, abençoe este alimento, abençoe meus pais, me livre do mal..." etc.
_ Querido, tudo isso é importante, mas Eu quero ter um relacionamento mais íntimo com você, de Pai para filho. Quero conversar contigo, guiar os seus passos, te dar muito mais do que você já imaginou, mas as suas orações são sempre as mesmas e sinto que elas não tem saído do seu coração. Eu não formei robôs; Eu formei filhos!
_ Mas Deus, eu não sei orar! Não sei falar bonito e nem usar versículos nas minhas orações, como fazem as pessoas da minha igreja.
_ Meu filho, isso não importa! Você conversa com seus amigos sobre vários assuntos, certo? Eu vejo você contando seus sonhos, planos e tudo o que acontece no seu dia a dia... E por que você não fala assim Comigo também?
_ Ah, Deus! Mas é diferente né?? O Senhor é o Deus Todo Poderoso e eu sou só um homem pecador cheio de problemas...
_ Diferente como, Meu filho? Eu não quero ser apenas o seu Deus; Eu quero ser o seu melhor amigo, conselheiro e ajudador. Eu quero transformar o seu coração, a sua vida e te usar para alcançar outras pessoas, mas enquanto você não crer que Eu me preocupo com cada detalhe de sua vida, o nosso relacionamento será frio e distante. Percebi que você se acostumou em Me servir e tem orado apenas para cumprir regras. Suas palavras se tornaram vazias e agora você corre o risco de se tornar uma pessoa religiosa, que acha que está Me agradando.
_ Puxa, Pai! É verdade! Eu não tinha percebido isso. Eu estava orando no "modo automático" por muito tempo mesmo… Me perdoe! Eu quero verdadeiramente ter um relacionamento íntimo com o Senhor à partir de hoje. Não vou mais esconder os meus pecados e nem guardar comigo os problemas que enfrento.
_ Que bom que você entendeu, Meu filho! Eu te amo muito e estou sempre pronto para te aconselhar e te corrigir quando for preciso. É este tipo de relacionamento que quero ter contigo.
_ Amém Pai! Então, aproveitando o momento, tenho várias coisas pra te contar…
_ Ok Filho! Pode falar...
E você? Já conversou com seu melhor Amigo hoje? Ele está te esperando.
Jesus disse: "Quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está no secreto. Então seu Pai, que vê no secreto, o recompensará. E quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não sejam iguais a eles, porque o seu Pai sabe do que vocês precisam, antes mesmo de o pedirem" (Mateus 6:6-8).

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Orar a ti!.


 Resultado de imagem para Deus nunca erra


 
Viver de Verdade é entender que:
Quando oramos, Deus nos ouve e Ele responde. É importante termos tanta confiança nisto quanto Davi tinha quando escreveu os salmos a seguir:
“[…] porque o Senhor ouviu o meu choro. O Senhor ouviu a minha súplica; o Senhor aceitou a minha oração” (Salmos 6.8-9).
Você pode viver com confiança desde que saiba que Deus está do seu lado e que Ele o ajudará a vencer as suas batalhas na vida. Você não está só, Deus está com você!Permaneça em paz e continue agradecido a Deus porque Ele está trabalhando na sua vida. Posso lhe garantir que Deus não se esqueceu de você. Ele não se atrasará para enviar a resposta à sua oração. Pode ser que Ele não se adiante, mas não vai se atrasar! Mantenha a sua visão diante de você e não desista.
A PALAVRA DE DEUS PARA VOCÊ HOJE: Deus lhe enviará socorro; Ele o apoiará, o renovará e o fortalecerá.

Eu oro a ti Deus, porque sei que me escutas e me respondes. Salmos 17:6